MENU

 Revisão >> Revisão das principais matérias do Vestibular

Revisão de História

 
O antigo regime e o mercantilismo

 

 

O antigo regime e o mercantilismo

Mercantilismo: é uma política econômica na qual o Estado interfere na economia. O mercantilismo não foi uniforme; foi uma política econômica do Estado e não da livre iniciativa burguesa. O comércio é a atividade básica e o ouro a medida da riqueza do Estado. 

Características do mercantilismo

Balança do comércio favorável ou equilibrada, intervenção do Estado, ouro,(metais) como riqueza do Estado.

Colonialismo
Corporativismo estatal; intervenção do Estado na economia. 

Espanha e Portugal obtiveram milhares de toneladas de ouro de suas colônias, mas não se preocuparam em implantar uma infra-estrutura comercial e industrial. 

Metalismo
Preocupação de acumulação de capital representado pelo ouro.

Possui dois significados : 
- Representou todo o esforço de acumular capital
- Representou também, o esforço e as medidas de cercar as jazidas de metais. 

Metalismo, mais dos países iberos do que dos demais Estados, está diretamente associado à conquista e à exploração de impérios coloniais.

TIPOS DE MERCANTILISMO

MODELO PORTUGUÊS
Portugal, ao longo dos séculos XVI a XVIII adotou dois modelos mercantilistas.

Primeiro, enquanto não se explorou a região de Minas Gerais, o mercantilismo Português foi de caráter comercial.
No século XVIII a ênfase mercantilista era de natureza metalista.

MODELO ESPANHOL
A Espanha, desde o início de sua colonização localizou grandes jazidas de ouro.
Em conseqüência, o modelo Espanhol foi concomitantemente comercial e metalista. 

MODELO INGLÊS
A Inglaterra apenas autorizou
a organização colonial no século XVII e além disso permitiu a livre organização política e administrativa dela.
Apenas o comércio externo das colônias era direito do exclusivo metropolitano.
Dada esta realidade, a Inglaterra - de comércio livre - “amarrou” os países iberos a contratos, sempre favoráveis a Reino Unido (Tratado de Methuen por exemplo).

Mediante esta prática acrescida à proteção alfandegária (ato de navegação) a Inglaterra estimulou o comércio internacional.

Inglaterra permitiu livre organização econômica. 
Só vendiam, não compravam nada, pois fabricavam tudo. 

MODELO FRANCÊS
A França ao tempo de Luis XIV – o Rei do Sol – e do Ministro Colbert   (daí colberismo mercantilista)  estimulou a produção manufatureira, as exportações mediante também, a política de proteção tarifária. 
O mercantilismo Francês ficou conhecido pela máxima: “maximar” as exportações e minimizar as importações.

 

<<< Voltar

 

 
 Página Principal

Fale Conosco | Anuncie Aqui | Cadastro | Notícias | Home



 

WebVestibular - O Site do Vestibulando - O Vestibulando em primeiro lugar! Desde 07/2000

Topo

.