MENU

 Revisão >> Revisão das principais matérias do Vestibular

Revisão de Português

 
Preposição

 

Preposição

DEFINIÇÃO: Preposição é a classe de palavras que:
a)- do ponto de vista sintático
: liga palavras entre si.
b)- do ponto de vista mórfico
: é invariável.
c)- do ponto de vista semântico
: estabelece relação de vários sentidos entre as palavras que ligam.

Preposição
é a palavra invariável que liga dois termos entre si estabelecendo que o segundo depende do primeiro, ou seja, que o segundo (termos regido - subordinado ou conseqüente) é complemento ou adjunto do primeiro (termo regente - subordinante ou antecedente).

Antecedente Preposição

Conseqüente

Livro de  Maria
Chegaram a Belo Horizonte
Fui até a esquina
Pensei em você
Discordo de você
Casa de Pedro
Termo regente
subordinante
  Termo regido
subordinado

CLASSIFICAÇÃO: As preposições podem ser de dois tipos:

a)- Essenciais
: Palavras que sempre funcionam como preposições: a, ante, até, após, com, contra, de, desde (dês), em, entre, para (pra), perante, por (per), sem, sob, sobre, trás.

b)- Acidentais
: Palavras que, além de preposição, podem assumir outras funções morfológicas. Passaram a funcionar como preposições, mas são provenientes de outras classes gramaticais (verbos, adjetivos, advérbios): afora, conforme, consoante, durante, exceto, fora, visto, mediante, salvo, segundo, senão, tirante, como, malgrado...

LOCUÇÃO PREPOSITIVA
: Quando duas ou mais palavras exercem função de preposição. Em geral são formadas de advérbio (ou locução adverbial) + preposição:

abaixo de

acerca de

acima de

a fim de

além de

antes de

até a

ao invés de

ao redor de

apesar de

a respeito de

de acordo com

debaixo de

defronte de

defronte a

dentro de

depois de

diante de

em cima de

em face de

em frente a

em frente de

em lugar de

em vez de

fora de

junto a

junto de

não obstante

no caso de

para com

perto de

por trás de

por causa de

ao lado de

em virtude de

a par de

através de

em torno de

longe de

atrás de

embaixo de

a instâncias de

a despeito de

devido a

em atenção a

a favor de

sob pena de

em obediência a

OBS: Numerosos autores não vêem locução prepositiva nas expressões: de sobre, de sob, por sob, de até  =  Ex: Crianças de até cinco anos não pagam.
por entre = Ex: Passamos por entre a multidão.
para sobre = Ex: O aluno atirou os livros para sobre o armário.
por entenderem que, em tais conjuntos, cada preposição conserva o seu sentido próprio.

RELAÇÕES EXPRESSAS PELAS PREPOSIÇÕES:

1. Assunto: Falou sobre política. Falou de leis.

15. Origem: Descendo de família ilustre.

2. Causa: Morreu de fome. Ser feliz em viver.

16. Duração: Permaneceu bom por muitos anos.

3. Companhia: Jantei com ela.

17. Parte: Ponta da mesa.

4. Especialidade: Ele formou-se em Medicina.

18. Pertença: Parafuso de fechadura.

5. Direção: Olhe para frente.

19. Classificação: Piano de cauda.

6. Fim: Trabalha para viver. Pedir em casamento.

20. Conteúdo: Copo de pinga.

7. Falta: Estou sem recursos.

21. Contigüidade: Estar à janela.

8. Instrumento: Feriu-se com a faca.

22. Troca: Comer gato por lebre.

9. Lugar: Moro em Recife. Ir à cidade. Ir para lá.

23. Favor de: Lutar por alguém.

10. Meio: Viaja de avião. Comunica-se por gesto

24. Posição superior: Coloca um pé sobre o outro

11. Modo, Conformidade: Trajava à moderna. Trabalhar com capricho. Viver em paz.

25. Preço: Caneta de dez reais. Comprar por cinco reais. Vender a vinte reais.

12. Oposição: Falou contra nós.Luta com paixões

26. Movimento: Caminhar até o mar. Andar por um lugar.

13. Posse: Vi o carro de Mário.

                          

14. Matéria: Era uma casa de tijolos.

27. Tempo: Viajei durante as férias. Espera de um mês. Ir à noite. Dormir até 10 horas.

                                                                                                   

CONTRAÇÃO E COMBINAÇÃO DE PREPOSIÇÕES:

A)- CONTRAÇÃO: É a união de uma preposição com um artigo, pronome ou advérbio com perda ou transformação de fonema.

As preposições “a” “de” “em” “per”, unem-se com outras palavras, formando um só vocábulo. Quando nessa união há perda de algum fonema, temos a contração:

a

de

em

a

+

a

=

à

de

+

a

=

da

em

+

a

=

na

a

+

as

=

às

de

+

as

=

das

em

+

as

=

nas

a

+

aquele

=

àquele

de

+

o

=

do

em

+

o

=

no

a

+

aqueles

=

àqueles

de

+

os

=

dos

em

+

os

=

nos

a

+

aquela

=

àquela

de

+

ele

=

dele

em

+

ele

=

nele

a

+

aquelas

=

àquelas

de

+

eles

=

deles

em

+

eles

=

neles

a

+

aquilo

=

àquilo

de

+

ela

=

dela

em

+

ela

=

nela

 

 

 

 

 

de

+

elas

=

delas

em

+

elas

=

nelas

 

 

 

 

 

de

+

este

=

deste

em

+

este

=

neste

 

 

 

 

 

de

+

estes

=

destes

em

+

estes

=

nestes

 

 

 

 

 

de

+

esta

=

desta

em

+

esta

=

nesta

 

 

 

 

 

de

+

estas

=

destas

em

+

estas

=

nestas

 

 

 

 

 

de

+

isto

=

disto

em

+

isto

=

nisto

 

 

 

 

 

de

+

esse

=

desse

em

+

esse

=

nesse

 

 

 

 

 

de

+

esses

=

desses

em

+

esses

=

nesses

 

 

 

 

 

de

+

essa

=

dessa

em

+

essa

=

nessa

 

 

 

 

 

de

+

essas

=

dessas

em

+

essas

=

nessas

 

 

 

 

 

de

+

isso

=

disso

em

+

isso

=

nisso

 

 

 

 

 

de

+

aquele

=

daquele

em

+

aquele

=

naquele

 

 

 

 

 

de

+

aqueles

=

daqueles

em

+

aqueles

=

naqueles

 

 

 

 

 

de

+

aquela

=

daquela

em

+

aquela

=

naquela

 

 

 

 

 

de

+

aquelas

=

daquelas

em

+

aquelas

=

naquelas

 

 

 

 

 

de

+

aquilo

=

daquilo

em

+

aquilo

=

naquilo

 

 

 

 

 

de

+

aqui

=

daqui

em

+

um

=

num

 

 

 

 

 

de

+

ali

=

dali

em

+

uns

=

nuns

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

em

+

uma

=

numa

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

em

+

umas

=

numas

per + lo = pelo    -     per + los = pelos    -    per + la = pela    -    per + las = pelas

Obs: Registrem-se ainda as contrações: coa(com + a) - coas(com + as) - pro(para + o) - pra(para + a)- pros (para + os) - pras (para + as) - dentre (de + entre), mais freqüentes na fala popular.

B)- COMBINAÇÃO: É a união de uma preposição com artigo, pronome ou advérbio sem perda de fonema. A preposição “a” combina-se com os artigos e pronomes demonstrativos “o” “os” e com o advérbio “onde”, dando : ao, aos, aonde

 

<<< Voltar

 

 
 Página Principal
   

Fale Conosco | Anuncie Aqui | Cadastro | Notícias | Home



 

WebVestibular - O Site do Vestibulando - O Vestibulando em primeiro lugar! Desde 07/2000

Topo

.